Saiba como funciona a APOIORT

ASSOCIAÇÃO DE PASTORES, OBREIROS E IGREJAS EM OBRA DE RESTAURAÇÃO
Sede Provisória: Rua Guarani, n.º 229 – Suruí – Magé – RJ.
Presidente da APOIORT: Pastor Elielberth Falcão dos Santos
“Na verdade, pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor mais encargo algum, senão estas coisas necessárias” (Atos 15:28).
A APOIORT é uma Associação de Pastores, Obreiros e Igrejas na Obra de Restauração. Seu objetivo principal é reunir as Igrejas que professam as doutrinas bíblicas apostólicas, apoiar os pastores, obreiros e Igrejas promovendo eventos como: Congressos de Jovens, União Feminina, Vigílias, Evangelismos, Seminários, Simpósios, Serviços Sociais etc.
A APOIORT não é uma Convenção, por isso não se envolve em questões administrativas das Igrejas associadas. Cada Pastor Presidente administrará sua Igreja com seus respectivos obreiros em suas Assembléias com seus Estatutos e Regimentos.
Entendemos que a Igreja é biblicamente autônoma. Caso o Pastor de uma Igreja associada queira reivindicar a intervenção da Associação, o mesmo poderá abrir uma assembléia extraordinária e mediante uma carta solicitar a presença da diretoria da APOIORT, que poderá ser representada também pelos membros do Conselho de Pastores da APOIORT ou por uma Comissão de Pastores associados devidamente formado.
A APOIORT não é interdenominacional. Por conta disso, as Igrejas Associadas deverão professar as ordenanças bíblicas como: Batismo em rio, por imersão; Santa Ceia com Pão Ázimo, Lava-Pés; Saudação com Ósculo Santo, Uso do Véu pelas irmãs quando orarem ou profetizarem e nas reuniões de adoração; Trajes compridos, honestos e decentes para o homem e a mulher.
No que diz respeito ao tópico acima, cada Igreja realizará a Santa Ceia de acordo com os princípios locais. A APOIORT não exigirá uma padronização do Pão da Ceia desde que este não tenha fermento, o qual, segundo a Bíblia, é o símbolo do pecado.
A APOIORT terá ainda o Conselho de Pastores que discutirá assuntos sérios referentes ao ministro associado. Este Conselho terá seu Regimento Interno, que não poderá contrariar o Estatuto da APOIORT. Suas decisões terão de ser registradas em assembléia geral da Associação.
Quanto ao tópico acima, o Presidente do Conselho poderá convocar também os Obreiros, Diáconos e os Evangelistas associados para participarem, desde que o assunto seja pertinente aos mesmos.
· Por ser uma Associação de Pastores, Obreiros e Igrejas, a Diretoria da Associação e o Conselho de Pastores poderão indicar um nome entre os obreiros para representá-los. O obreiro indicado poderá formar suas diretorias distintas, que trabalharão em conjunto com a Associação e com o Conselho de Pastores.
· Mesmo tendo uma Diretoria distinta os obreiros não terão ações independentes, pois serão submissos à Associação e ao Conselho, informando sempre o teor dos assuntos tratados nas reuniões nas convocações de Pastores e Obreiros.
· Os pontos de exigências aos Pastores e Obreiros para serem associados deverão estar contidos no Regimento Interno da Associação, do Conselho e dos Obreiros, que será elaborado numa reunião de Pastores e Obreiros convocada para este fim. As decisões passarão a ter validade sempre quando houver maioria de votos e posteriormente aceito no parlamento das Igrejas associadas.
· A Diretoria da Associação das Igrejas, do Conselho de Pastores e dos Obreiros será formada sempre por membros da APOIORT.

0 comentários:

Postar um comentário